quarta-feira, 7 de junho de 2017

Queijo fresco - receita Bimby

   A juntar às inumeras coisas que faço na Bimby agora posso acrescentar queijo fresco! Não percebo porque demorei tamto tempo a experimentar o quejo fresco feito na Bimby. Ainda por cima aqui, onde é tao difícil encontrar um bom queijo fresco - o mais comum por aqui é o francês, que mais parece iogurte natural. Felizmente já se consegue comprar no supermercado português e por vezes no Auchan também aparecem uns queijinhos da Matinal. 
   Mas qual a necessidade se o pudemos fazer em casa? È tão bom e não dá trabalho nenhum. O que custa é ter de esperar dois dias para o podermos provar!
   Com o soro do leite, ainda fiz um pão para o jantar :-). Mas essa receita fica para outro dia :-). 


1 l de leite do dia
100 g leite em pó
Sal, q.b.
25 gotas de coalho liquido


   Coloque no copo o leite, o leite em pó e o sal e programe 5 minutos/ 37°C/ velocidade 4.
   Adicione o coalho e envolva 30 segundos/ velocidade 4.
   Deixe repousar no copo cerca de 35 minutos para ganhar consistência. 
   Com a ajuda da espátula coloque o queijo no cesto da Bimby. De seguida coloque o cesto sob um prato fundo para que o soro escorra. 
   Deixe repousar durante 2 dias no frigorífico. Após este tempo, desenforme e sirva.
 
 

terça-feira, 6 de junho de 2017

Pão de brioche - receita Bimby

   O pão de brioche feito na Bimby é uma perdição: uma sugestão para um pequeno-almoço mais demorado ou para um lanche, a acompanhar uma bela chávena de chá.


150 g de leite
1 pitada de sal
50 g de açúcar
50 g de margarina
3 gemas de ovo
  5 g  de fermento de padeiro seco
400 g de farinha
1 gema de ovo, para pincelar


   Pré-aqueça o forno a 50ºC.
   Coloque no copo o leite, o sal, o açúcar, a margarina e programe 1 minuto/ 37°C/ velocidade 2.
    Adicione as gemas, o fermento e programe 10 segundos/ velocidade 2.
    Adicione a farinha e programe 1 minuto/ velocidade Espiga.
    Faça bolas pequenas (com cerca de 55 a 60 g cada) e coloque-as num tabuleiro forrado com papel vegetal.
   Pincele a superfície com gema de ovo e leve a forno pré-aquecido a 50°C durante 20 minutos, para que dobre de volume.
   Quando dobrar de volume, aumente a temperatura para 180°C cerca de 25 minutos.




Dica:
Caso pretenda pão de brioche doce, acrescente mais 40 g de açúcar baunilhado.

sexta-feira, 2 de junho de 2017

Bolo mármore de banana

Quando as bananas começam a passar do ponto, há sempre uma receita de bolo pronta a salvar-nos! :-)



190 g de farinha de trigo
1 colher (chá) de bicarbonato de sódio
1 pitada de sal
5 colheres (sopa) de água quente
1/4 xícara (20 g) de cacau em pó
2 bananas bem maduras, amassadas
1/2 xícara (100 g) de iogurte grego natural
1/2 xícara (115 g) de manteiga, derretida
1/2 xícara (110 g) de açúcar mascavo
2 ovos batidos

   Pré-aqueça o forno a 180ºC.
   Misture a farinha, o bicarbonato e o sal. 
   Noutra tigela, misture o cacau com a água quente até ficar homogêneo.
   Noutra tigela, misture a banana, o iogurte, a manteiga, o açúcar, os ovos e a baunilha. 
   Misture bem e adicione a farinha aos poucos, misturando até incorporar.
   Divida a massa ao meio. Numa das partes, misture o chocolate.
   Vá colocando na forma colheradas alternadas da massa de banana e da massa de chocolate.
   Leve ao forno cerca de 30 a 35 minutos.



 





quarta-feira, 24 de maio de 2017

Bolo de leite evaporado




200 g de leite evaporado
200 g de farinha
4 ovos
180 g de açúcar
80 ml de óleo
Raspa da casa de 1 limão
1 colher (chá) de  fermento em pó

   Pré-aqueça o forno a 180 ºC.
   Coloque todos os ingredientes numa taça, e bata bem, até ficar uma mistura homogénea. 
   Verta para uma forma, previamente untada e polvilhada e leve ao forbo por 30 a 35 minutos. Verifique a cozedura com um palito.
   Retire do forno, deixe arrefecer uns 10 minutos e desenforme.


quinta-feira, 18 de maio de 2017

Tarte de Santiago

   A tarte de Santiago é uma sobremesa tradicional da Galiza, de Santiago de Compostela, podendo ser encontrada por toda a Espanha. Os ingredientes principais deste doce são a amêndoa e os ovos. 
   Este doce é uma herança dos judeus sefarditas. Era uma das sobremesas típica da Páscoa judia: a farinha era substituída por pasta de amêndoa por ser proibido usar leveduras/fermentos. 
   As primeiras receitas fiáveis provêm de notas de Luis Bartolomé de Leybar, datando de 1838, sob a designação de "Tarta de Amêndoa". 
   A origem da Cruz de Santiago representada na sua superfice data de 1924, ano em que a confeitaria "Casa Mora" de Santiago de Compostela começa a enfeitar as tortas de amêndoa com aquela que viria a ser a sua silhueta característica. 
   Em 3 de Março de 2006, a Torta de Santiago passou a ser uma Denominação de origem protegida, com o Estado a regular as exactas medidas e os  de ingredientes que a tarte deve ter na sua confecção para ser considerada a verdadeira tarte de Santiago. Uma dessas medidas diz que a tarte nunca poderá levar farinha na sua confecção e a  quantidade de amêndoas deve representar pelo menos 33% do peso total da tarte. 
   A autêntica Tarta de Santiago deve ser redonda com a silhueta da cruz de Santiago de Compostela desenhada na superfície com açúcar em pó.





250 g de farinha de amêndoa
5 ovos
250 g de açúcar
Casca de 1 um limão (sem parte branca)
Açúcar em pó q.b.
Molde da Cruz de Santiago


Na Bimby:
   Pré-aqueça o forno a 170C º.
  Barre um tarteira de fundo amovível com manteiga, forre com papel vegetal e volte a barrar com manteiga.
   Coloque no copo o açúcar e pulverize 10 segundos/ velocidade 10.
   Adicione a casca de limão e volte a programar 10 segundos/ velocidade 10.
   Acrescente os ovos e programe 110 segundos/ velocidade 4.
   Acrescentar as amêndoas moídas e programar 5 segundos/ velocidade 4.
   Coloque o preparado na tarteira e leve ao forno cerca de 15 minutos a 20 minutos.
   Retire, deixe arrefecer um pouco, coloque o molde em cima e polvilhe com açúcar em pó.
   

Método tradicional:
  Pré-aqueça o forno a 170C º.
  Barre um tarteira de fundo amovível com manteiga, forre com papel vegetal e volte a barrar com manteiga.
   Bata muito bem os ovos com o açúcar.
   Adicione a raspa da casca do limão e a farinha de amêndoa.
   Coloque o preparado na tarteira e leve ao forno cerca de 15 minutos a 20 minutos.
   Retire, deixe arrefecer um pouco, coloque o molde em cima e polvilhe com açúcar em pó.
   

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Gelado de morango na Bimby

   Hoje trago-vos uma receita de gelado. Apesar de ser cm morangos, podem usar outras frutas congeladas a gosto (pêssegos, manga ou ananás são boas opções).
   Requer algum trabalho prévio, de congelamento (de preferência de véspera), mas tem a vantagem de em menos de nada se ter um gelado pronto a servir!  


 

200 g açúcar
800 g morangos, congelados
1 limão descascado, sem caroços e parte branca
200 g natas, frias
1 clara de ovo
400 g leite evaporado, previamente congelado em cuvetes de gelo


   Coloque no copo o açúcar e pulverize 15 segundos/ velocidade 9.
   Adicione os morangos, o limão, as natas, a clara e programe uns golpes de Turbo,  para desfazer.
   Adicione o leite evaporado e programe 2 minutos/ velocidade 9.
   Envolva, com a ajuda da espátula e sirva de imediato.


sexta-feira, 12 de maio de 2017

Pudim de pão com leite de coco - delicioso!!!

   Já publiquei aqui duas receitas de pudim de pão, ambas deliciosas. Uma delas, faz parte da infância do M. e a outra encontrei-a na internet, num dia em que a minha avó precisava de reaproveitar uma grande quantidade de pão. 
   Mas esta receita supera todas as outras. Quem não sabe que leva pão, ne acredita. Fica um pudim muito cremoso. É de lamber os beiços!




200 g de pão de véspera (baguete ou  carcaças)
1 l de leite
100 g de açúcar
1 lata  de leite condensado
250 ml de leite de coco
5 ovos
Caramelo líquido q.b.



Na Bimby:

   Pré- aqueça o forno a 180º.
   Demolhe o pão em 250 ml de leite. Reserve.

   Coloque no copo o restante leite e o açúcar. Aqueça 5 minutos/ 90ºC / velocidade 1.

   Adicione o pão, o leite condensado e o leite de coco. Triture 10 segundos/ velocidade 7.
   Adicione os ovos e misture 10 segundos/ velocidade 6.
   Coloque o pudim na forma, previamente caramelizada, tape e leve ao forno em banho-maria por 50 a 60 minutos.
   Retire e deixe arrefecer.
   Leve ao frigorífico por pelo menos 3 horas. O ideal é fazer de véspera.
   Desenforme no momento de servir.


Método tradicional:
   Pré- aqueça o forno a 180º.
   Demolhe o pão em 250 ml de leite e reserve.
   Misture o leite e o açúcar e bata com a batedeira.
   Junte o leite condensado, o leite de coco e o pão ao preparado anterior e misture tudo com a ajuda da varinha mágica.

   Adicione os ovos e volte a misturar muito bem.

   Coloque o pudim na forma, previamente caramelizada,  e leve ao forno em banho-maria por 50 a 60 minutos.
   Retire e deixe arrefecer.
   Leve ao frigorífico por pelo menos 3 horas. O ideal é fazer de véspera.
   Desenforme no momento de servir.




quinta-feira, 27 de abril de 2017

Panquecas de iogurte grego e chocolate

Mais uma receita do brunch do passado domingo, panquecas com chocolate, receita da Mafalda Pinto Leite. São deliciosas, mas ainda não foi desta que destronaram as panquecas americanas que os meus filhotes e maridão adoram!



50g de margarina
1 chávena de iogurte grego natural
1 ovo
1 colher (chá) de essência de baunilha
1 chávena de farinha
½ chávena de flocos de aveia
1 colher (chá) de fermento em pó
50 g de chocolate culinário, partido em pedaços pequenos
4 colheres (sopa) de leite  - apenas se a massa precisar

   
    Derreta a margarina e deixe arrafecer ligeiramente.
    Numa tigela pequena misture bem o iogurte e o ovo. Junte a baunilha.
    À parte,  misture a farinha, a aveia e o fermento em pó. 
   Faça um buraco no centro e deite lá dentro a mistura de iogurte e a margarina derretida. Misture. 
   Junte o chocolate em pedaços. 
   Se achar que a massa está muito espessa, vá adicionando leite suficiente para obter a consistência necessária -  a massa tem de ficar espessa não liquida.
   Aqueça a frigideira em lume medio. Quando estiver quente junte 2 colheres de sobremesa por panqueca  Deixe cozinhar por 2 minutos ou até começarem a dourar, vire e cozinhe por mais 2 minutos. 
   Sirva quente com fruta ou  regadas com maple syrup.